Archive for February, 2009

Carnaval em Floripa

2009/02/27
Praia de Cima (eu acho ^_^)

Praia de Cima (eu acho ^_^)

Neste carnaval eu aceitei um convite antigo de um grande amigo meu e fui para Santa Catarina. No ônibus foram 9 pessoas e de carro foram 4. Como eu fui de ônibus, só sei falar deste “modo de viagem”. Saímos do Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo-SP, às 19h30min do dia 20/02 (sexta-feira) e fizemos 2 paradas: em Registro-SP e em Curitiba-PR, chegando no Terminal Rodoviário de Florianópolis, em Florianópolis-SC, às 8h do dia 21/02 (sábado), aproximadamente. Sinceramente, não consegui dormir muito durante a viagem. Acho que é falta de costume.

Em Santa Catarina, ficamos “hospedados” na cidade de Palhoça, que fica há uns 40min de Floripa. Nosso anfitrião foi o pai desse meu grande amigo. Todos lá foram muitíssimo gentis e legais, de modo que só tenho a agradecê-los: muito obrigado!!! Além deles, agradeço a todos que nos fizeram companhia nessa nossa pequena estada. São todos maravilhosas pessoas e carrego comigo ótimas lembranças!
Bem, vou tentar passar em linhas gerais nossos destinos por lá. No primeiro dia, após o “período de instalação e ambientação” (algumas horinhas, acho), rumamos para Canasvieiras. Chegando lá (após 3 ônibus e 2 tarifas), percebi facilmente que o local era dominado pelos nossos hermanos argentinos. O povo entrou no mar, tomamos chuva no coco, descobri o que é um calzone (do alto de minha ignorância gastronômica, eu diria que é algo similar a uma fogaça, pra quem conhece), voltamos pro mar e depois pra nossa casa temporária. Ah, e eu achei um gafanhoto na praia ^_^

No segundo dia, acordamos às 6h após uma noite muito breve de sono. Dessa vez fomos de expressinho para uma praia chamada Daniela (é isso mesmo?). Nesse local, percebemos o quão gelada pode ser a água do mar. E também ali, meus amigos perceberam o quão lerdo eu posso ser para almoçar (acho que demorei o quádruplo do tempo que os outros levaram pra terminar a refeição). Depois passamos por umas pedras e um morro onde havia alguns bovinos para chegarmos à Praia de Cima. E mais à tarde, camelamos por umas sendas até a Guarda do Embaú, um verdadeiro ponto de encontro da juventude (pelo menos é o que aparentava). Lá houveram alguns desentendimentos no grupo e surgiu um…digamos “grupo rebelde”, do qual fiz parte. Renunciamos à ordem estabelecida (anarquia! haha) e seguimos por outro caminho. À noite, tivemos um churras, que serviu para estreitarmos alguns laços com os autóctones e para eu definir mais ou menos os rumos do dia seguinte.

Entrada de Palhoça

Entrada de Palhoça

E no dia seguinte (ou terceiro dia), andei de bicicleta (há quanto tempo não fazia isso!) com o Macedete por Palhoça e por São José. Foi uma boa oportunidade para conhecermos um pouco do local, já que podíamos pedalar a esmo. Depois de um almoço muito legal “em família”, visitamos de carro alguns belos locais de São José. Outra boa chance pra conhecer as belezas da região e bater algumas fotos. À noite, fomos (a galera rebelde, haha) à uma sorveteria. Que beleza de sorvete! Tinha para quase todos os gostos. Legal também que deu para nos enturmarmos um pouco mais. Voltando para casa, a Bruna sugeriu que fizéssemos algo no dia seguinte. Beleza!

No quarto e último dia, acordamos todos por volta das 8h. Enquanto os outros se aprontavam para ir à praia (pra variar), eu me preparava para ir sabe-Deus-aonde com minha coleguinha. No final das contas, fomos ao shopping Itaguaçu (mulheres, hehe) e no supermercado Imperatriz (aliás, metade das coisas lá se chama Imperatriz ^_^ brincadeira hein) para comprar suprimentos para a viagem de volta. Esse dia foi muito legal, talvez por ser inesperado. Também fiquei sabendo que a Vicky tinha caído e machucado o pé no finzinho do dia anterior. Inclusive, fomos à farmácia para trocar o curativo e cuidar direitinho do ferimento. Espero que você esteja bem, Vicky (se é que você vai ler isso algum dia…). Às 21h30min, saímos de Florianópolis rumo à São Paulo, fazendo as mesmas paradas (acho). Só que desta vez, consegui dormir bastante.

No fim das contas, o saldo foi, certamente, positivo. Mas acho que todo mundo que conhece São Paulo e vai pra outro lugar, fica meio triste quando volta pra cá. Comigo isso sempre acontece. Só que não tem jeito né. Mas essa viagem me fez pensar em nossa inércia no dia-a-dia. Senti-me com vontade de evitar a rotina, de viver cada dia com mais alegria e com um sorriso mais aberto no rosto. Aprendi algumas coisas com as pessoas que conheci e gostaria de cultivar e praticar tais ensinamentos. Bem, desejo que você também sinta vontade de sacudir a poeira do quotidiano e viver um dia de cada vez, tentando apreciar ao máximo tudo o que acontece e aprender com as situações. Até mais!

YUI LIVE at BUDOKANの字幕

2009/02/18
YUI Live at Nippon Budokan

YUI Live at Nippon Budokan

YUIのLIVE at BUDOKAN (I LOVED YESTERDAY DVD Premium Edition)の動画の字幕を作りました。拡張子はSRTです。期間は25分16秒 (動画の期間)。このファイルは歌の字幕です。曲目は:

  1. It’s happy line (作詞・作曲: YUI)
  2. LIFE (作詞・作曲: YUI)
  3. LOVE & TRUTH (作詞・作曲: YUI)
  4. RUIDO (作詞: YUI 作曲: 小倉健二)
  5. Jam (作詞・作曲: YUI)
  6. TOKYO (作詞: YUI 作曲: COZZi)

一緒に歌いましょうね。字幕のダウンロードはこちらです。
じゃ、また。楽しんで下さい。

Windows or Linux?

2009/02/14
Windows vs Linux

Windows vs Linux

What a stupid title!!! Or no? Maybe…
Well, I think there are three basic answers: 1st: Windows!; 2nd: Linux!; 3rd: What a stupid question!!!
Let’s go over these reactions.

Windows! Windows!: If you are in this group, you probably grew accustomed to this system. You can do everything you need and don’t even think in the possibility to change your Operating System (OS);

Linux! Linux!: If you are in this group, you probably are a Linux enthusiast. You can do everything you need and you have an ideological bond with the system. Maybe you participate in some open source project or anything like this;

What a stupid question!!!: If you think so (like I do), you probably already used both OS and know that every OS has its peculiarities, niche that it was designed for, strong points and weak points.

I think there’s no problem in being a Windows or Linux fan. You just have to watch out in order to respect all the different opinions. If you use Windows and think of Linux as a bunch of absurd codes for virgins, you may have some problems in the future. Likewise, if you use Linux and think of Windows as basic system for newbies you may have to fight against the majority of PC users.

I was intolerant in so many aspects that I learnt with the disastrous results this policy brought to me. When I started using Linux, e.g., I also started to despise Windows, but I was wrong. Each system has its devoted users. It’s absolutely normal.

This planet has different people that thinks differently about almost everything. So, we can have different systems living together with no troubles at all. The key for this and so many others rivalries is respect and empathy. Thus, we can go further!

Bixo

2009/02/11

Pois é, agora eu sei por que bixo se chama bixo. Você já parou pra pensar nisso? Eu não. Mas senti na pele (especialmente na parte do couro cabeludo – que, de repente, já não é mais tão cabeludo assim…) o que isso significa. Devo dizer que me senti um bicho mesmo. O que mais se ouvia era “vai bixo, por que não tá sambando? não tá ouvindo a música não?” ou então “vai, entra no elefantinho aê!”, além dos “vem cá”, “vai pra lá”, faz isso, faz aquilo…
Apesar de aparentar o contrário, eu tenho espírito esportivo, pelo menos tive até tentarem me darem o segundo trote (isso algum tempo depois do primeiro), quando eu esbocei reação. Pra quê??? O veteraninho ficou ofendido: “olha só, o bixo tá me segurando. Ah nãooo….”. Sim, eu tentei evitar o pior… mas não deu. Tomei um banho de guache laranja, que se juntou às outras cores que já estavam secas. Enfim, virei um arco-íris ambulante. Depois disso, não esbocei mais nada. Resignei-me com minha condição de calouro e fui embora. Pelo menos consegui alguns colegas, em sua maioria bixos como eu.
Mesmo assim, fico agradecido por não terem me jogado numa piscina (tinha piscina lá?) com os pés e as mãos amarrados, terem me queimado vivo ou qualquer outra coisa do gênero que muitos veteranos acéfalos praticam, destruindo os sonhos e as vidas alheias. Obrigado por estar vivo ainda…

Aprovações

2009/02/05
Ti_IME

IME (Instituto de Matemática e Estatística)

Se alguém me perguntar se é fácil estudar dia e noite, noite e dia, de segunda a sexta e durante 70% do fim de semana; eu responderei que não. Se alguém me perguntar se é fácil deixar de sair com os amigos e recusar diversos convites para diversos lugares, eu responderei que não. Se alguém me perguntar se é fácil abrir mão do que se gosta de fazer, para estudar; eu responderei que não. E se alguém me perguntar se tamanho esforço vale a pena, eu responderei que sim.
O tamanho dos resultados é proporcional ao tamanho do esforço. Por isso, se você quer algo, de verdade, dedicação e abdicação deverão ser dois dos seus amigos mais próximos. E boa sorte!

イビラプエラ公園で

2009/02/02
イビラプエラ公園

イビラプエラ公園

今週末友達のアレクサンドレとマルコスと一緒にイビラプエラ公園に行きました。さすがに込み合っていた。サンパウロ市の最も大きくて著名な公園から日曜日たくさんの人は家族とそこでぶらぶら歩きに行く・遊びに行く・休みに行くなど。
私はお楽しみをした(^_^)
じゃ、また。